• Dra. Bruna Vilella | Oftalmologista em Ribeirão Preto

O que são as moscas volantes?


As moscas volantes são manchas escuras ou semi transparentes, parecidas com filamentos, “fios de cabelo”, círculos, teias de aranha ou mesmo a sensação de um mosquitinho no nosso eixo visual. Elas aparecem especialmente em uma imagem clara, como um papel ou parede branca, numa leitura ou ao olhar para o céu azul. 


Geralmente, elas surgem com o passar da idade, com o envelhecimento do nosso olho, devido a falhas no vítreo (gel que preenche nosso olho), no entanto, também podem acontecer em pacientes jovens devido a pequenos pontos de descolamento do vítreo na retina.


Apesar de não prejudicarem a visão, muitos pacientes se incomodam ou ficam preocupados com o seu aparecimento.


Fatores de risco para o desenvolvimento

Apesar do descolamento vítreo e consequentemente surgimento das moscas volantes, ser algo fisiológico, existem algumas condições que propiciam o aparecimento:


* Miopia

* Após cirurgia de catarata

* Após Yag laser (procedimento para limpeza da lente intra- ocular)

* Avanço da idade

* Traumas oculares

* Inflações oculares


Tratamento

Na imensa maioria dos casos, não é necessário qualquer tipo de tratamento, e o paciente acaba acostumando a enxergar dessa maneira. 


No entanto, quando o paciente já sabe que tem moscas volantes, ele deve voltar ao oftalmologista sempre que as manchas aumentarem de tamanho ou em número, dificultando a visão. Pois quando o descolamento do vítreo acontece de uma maneira mais abrupta sintomas como flash ou visão de “borra de café” podem ser sinais de acometimentos mais graves da retina.


Por isso consulte seu oftalmologista regularmente!