Cirurgia Refrativa

O que é a cirurgia refrativa?

É uma cirurgia a laser rápida, eficiente e segura que tem o intuito de diminuir ou eliminar a necessidade dos óculos e lentes de contato. Ela atua na correção dos erros refrativos, ou seja:

 

  • Miopia (dificuldade para longe) até 9 graus.

  • Hipermetropia (dificuldade para perto) até 6 graus.

  • Astigmatismo (visão desfocada para longe e perto, e pode estar associado a miopia ou hipermetropia) até 6 graus

  • Presbiopia (dificuldade para perto após os 40 anos) com a técnica de monovisão.

 

É uma cirurgia indolor, a qual não necessitando de internação, ou seja, o paciente vai embora no mesmo dia para casa com a duração de cerca de 15 minutos os dois olhos. Ela atua alterando a forma da superfície coneana. Há dois tipos de técnicas cirúrgicas mais realizados no mundo, o PRK (Photorefractive Keratectomy) e o LASIK (Laser-assisted in situ Keratomileusis).

Quem pode fazer a cirurgia refrativa?

É necessário ter um histórico ocular do paciente e que esse se submeta a uma consulta oftalmológica com exame completo. O ideal é que os pacientes tenham:

  • Idade superior a 21 anos

  • Ausência de doenças oculares 

  • Grau estável

O meu grau vai zerar após a cirurgia refrativa?

O objetivo da cirurgia é diminuir ao grau ao máximo, para que os pacientes não precisem mais usar óculos. O zerar o grau é consequência, e em muitos casos acontece, porém, em alguns casos, pode ficar um “grauzinho” residual desprezível que não interfere resultado final.

Existe grau mínimo pra poder realizar a cirurgia?

O grau mínimo para realizar essa cirurgia não existe.

A cirurgia a laser dói? Precisa de anestesia?

A cirurgia é indolor e confortável. A anestesia é tópica, ou seja, feita com gotas de colírio.

Existe risco na realização da cirurgia refrativa?

Qualquer procedimento na medicina é acompanhado de risco. A cirurgia refrativa, apesar de muito segura, não é diferente. Apesar da porcentagem de complicação ser muito baixa, ela existe. Eu costumo dizer a meus pacientes, que é como andar de avião ou atravessar a rua sem olhar para os lados, sabemos que existem riscos, mas são raros.

Qual o valor das cirurgias refrativas, qual o preço? Os planos de saúde cobrem a cirurgia a refrativa?

É sempre muito difícil falar em preço, visto que pode variar muito por regiões, clínicas e entre os cirurgiões. Os planos de saúde geralmente cobrem acima de 5 graus de miopia e em casos de hipermetropia podem cobrir independente do grau. Contudo, isso é uma informação generalizada, pois cada plano tem certas especificações.

A cirurgia refrativa custa caro?

A cirurgia refrativa tem um excelente custo benefício. Basta comparar o valor gasto com óculos de grau e de sol (armações e lentes) ao longo dos anos, além do custo com as lentes de contato, solução de limpeza e armazenamento. Além disso, o inestimável tempo perdido para colocar as lentes ou higienização dos óculos.

Por quanto tempo o paciente deve ficar sem lente de contato para realizar a cirurgia?

O paciente deve parar de usar lente de contato gelatinosa por 2 semanas, e a lente de contato rígida por 4 semanas.

No PRK é feita uma raspagem para remover o epitélio da córnea (camada mais externa do tecido corneano), para após ser feita a aplicação do laser.

Terminado o procedimento, uma lente de contato terapêutica é colocada diante à superfície corneana para promover a cicatrização e o alívio do desconforto nos primeiros dias do pós-operatório.

No LASIK cria-se primeiramente um flap na camada mais externa da córnea (epitélio), para após ser feita a aplicação do laser na sua camada mais interna. Terminada a aplicação, o flap é reposicionado.

Quais diferenças entre o PRK e LASIK?

Os pacientes que fazem PRK têm que ter mais paciência do que os pacientes que fazem LASIK, pois a visão se recupera mais devagar no PRK. Além disso o pós operatório do PRK é mais dolorido.

Por outro lado, pacientes que fazem LASIK não devem realizar esportes com risco de impacto no olho, pois isso pode provocar deslocamento do Flap, e assim havendo a necessidade de uma nova cirurgia para reposicionamento.

Existe diferença no resultado dos pacientes que fazem PRK ou LASIK?

Os resultados finais das duas técnicas são muito semelhantes e não há diferença no resultado final.

Qual técnica posso fazer?

Isso vai depender de questões como espessura da córnea, quantidade e tipo de grau. O exame que é de indispensável para determinar a técnica mais adequada é o Pentacam.

Em quanto tempo sentirei o efeito da cirurgia refrativa?

A maioria das pessoas alcançam resultados e melhoras na visão em até uma semana após a cirurgia. Mas para sentir uma grande diferença na visão, o tempo normal é de duas a quatro semanas.

Posso operar os dois olhos no mesmo dia, na mesma cirurgia?

Sim! É totalmente seguro fazer a Cirurgia a Laser nos dois olhos.

Posso praticar esportes após a cirurgia refrativa?

O indicado é que os esportes de contato sejam evitados por pelo menos 4 semanas após a cirurgia a laser, já atividades sem contato físico e sem exposição ao cloro podem ser retomadas após uma semana.

Quem fez cirurgia refrativa pode fazer novamente?

Sim, pode. Entretanto, isso vai depender de alguns fatores com grau residual, tempo de cirurgia prévia e espessura corneana.

 

LASIK

PRK

cirurgia refrativa técnica lasik
cirurgia refrativa técnica prk

Cirurgia refrativa em ribeirão preto