a-importancia-do-exame-oftalmologico-241

Ceratocone

O que é?

Doença congênita, ou seja, a pessoa já nasce com predisposição para desenvolvê-la. O ceratocone é caracterizado pelo encurvamento e afinamento progressivos da córnea. O problema pode levar ao desenvolvimento de altos graus de astigmatismo e miopia, comprometendo a visão.

Em todo o mundo, entre 0,5% e 3% das pessoas são acometidas pela doença. Seu aparecimento é mais comum na adolescência, de forma espontânea. Dificilmente, o ceratocone se desenvolverá após os 30 anos.

Uma córnea normal tem formato arredondado, quase esférico, o que faz com que as imagens sejam focalizadas corretamente. Com ceratocone, ela sofre uma deformação progressiva, tendo sua resistência e elasticidade alteradas, deixando-a mais fina e com formato cônico.

Sintomas

Muitos pacientes não percebem o ceratocone no início, quando a córnea começa a se curvar.

Na maioria das vezes, a doença caracteriza-se pelo surgimento de miopia ou astigmatismo. Em seguida, o paciente começa a se queixar de mudanças frequentes na prescrição dos óculos, visão borrada, embaçada, com halos de luz ou distorcida e alta sensibilidade à luz.

Causas

Alguns estudos indicam que o ceratocone pode estar relacionado a mudanças físicas e bioquímicas no tecido corneano. Entre 5% e 27% dos casos têm histórico da doença na família, e aproximadamente um terço dos pacientes tem alergia ocular, com consequente coceira nos olhos. O ato de coçá-los com frequência está diretamente ligado ao afinamento da córnea, uma das características da doença.

Tratamentos

Fase inicial: a visão pode ser corrigida com o uso de óculos, que devem ser trocados frequentemente, à medida que a doença avança e o grau aumenta. Sendo que a hoje temos o Crosslinking corneano, um importante procedimento que visa a não progressão do ceratocone. Em muitos caso, o diagnóstico precoce em conjunto com o crosslinking evita a progressão da doença para as fases moderada e severa.

Fase moderada: os óculos já não podem oferecer uma boa qualidade de visão, sendo necessário o uso de lentes de contato específicas para ceratocone, crosslinking corneano e/ou implante de anel intra- corneano. Esses tratamentos podem ser usados em conjunto.

Fase severa/avançada: o tratamento baseia-se no transplante de córnea.

Dicas Dra. Bruna

  • Não coçar os olhos com insistência;

  • Manter as lentes especiais higienizadas.

Fazer visitas regulares ao oftalmologista, para acompanhamento da doença.

Horário de funcionamento

Segunda a Sexta - 08:00 às 18:00

Sábado - Fechado

 

Domingo - Fechado

Dra. Bruna Vilella -  Oftalmologia